Compatibilidade do seu navegador

O website da AIRC está otimizado para Google Chrome, Mozilla Firefox e Internet Explorer 10.

Detetámos que está a aceder ao nosso website com uma versão desatualizada do Internet Explorer, ou que está a aceder em modo de compatibilidade, o que não permite que o website seja apresentado corretamente. Recomendamos que atualize o seu Internet Explorer para a versão mais recente (ou que verifique as definições do seu browser relativas ao modo de compatibilidade), ou ainda que utilize o Google Chrome ou o Mozilla Firefox para aceder ao nosso website (as ligações seguintes remetem para as páginas de atualização dos respetivos browsers):

atualizar Internet Explorer instalar Mozilla Firefox instalar Google Chrome
Entendo e aceito as limitações, mas desejo fechar este alerta e aceder ao website AIRC com o meu browser atual.

AIRC entra em 2017 com aposta em investigação e desenvolvimento

Quarta, 21 Dezembro, 2016

Após a mudança para uma  nova sede, este ano, a AIRC prepara a entrada em 2017 com a aposta em Investigação & Desenvolvimento, nomeadamente em novos projetos de software, formação e maior cooperação com o meio académico.

“Na atual economia global e acelerada, a mudança é constante e a inovação é crítica para a sobrevivência de uma empresa. Como temos vindo a fazer há 30 anos, olhamos para o futuro, antecipando as necessidades do mercado, para que possamos conduzir a nossa organização em direção ao sucesso a longo prazo”, revela Nuno Moita, presidente do conselho diretivo da AIRC.

O Plano de Atividades do próximo ano, aprovado recentemente em Assembleia Intermunicipal, sugere ainda a criação de uma empresa local, subsistindo a AIRC ou através da sua própria transformação, condição essencial para ultrapassar as dificuldades que o atual enquadramento jurídico provoca na política de recursos humanos.

Esta reorganização, tendo em vista colmatar as insuficiências do quadro de pessoal, pretende dar resposta ao desenvolvimento de novos projetos de software indispensáveis à sustentabilidade futura da AIRC e ao reforço do posicionamento de liderança no mercado, assumindo especial relevância o ambicioso projeto de construção de uma nova geração de soluções do ERP da AIRC.

Outro objetivo a concretizar em 2017 é o de concluir a nova sede nas áreas interiores que foram excluídas na primeira fase da construção. “Para além de se evitar a natural degradação destas áreas, permite-se suprir alguns constrangimentos que a área atual já provoca e concretizar outros importantes objetivos, entre os quais a ativação de salas de formação, o espaço de cooperação com a universidade em investigação e desenvolvimento, a Academia AIRC para formação e deteção de talentos e um showroom para exposição de novidades tecnológicas”, adianta Nuno Moita.

Para 2017 o valor global do orçamento da AIRC ascende a cerca de 6 milhões de euros, representando um decréscimo de 10% relativamente ao ano anterior, reflexo de uma maior contenção na elaboração das estimativas. O ano de 2015 foi um ano atípico em termos de receita, pois foram vários os projetos de financiamento da aquisição de software submetidos pelas autarquias, possibilitando à AIRC ter atingido uma faturação de quase 7,8 milhões de euros, já o ano de 2016 está ligeiramente aquém do previsto, estimando-se que até ao final do ano as receitas liquidadas se fiquem pelos 5,5 milhões.

Relativamente à despesa, as relativas ao pessoal assumem o maior peso (46%), sendo que também as despesas com aquisição de bens e serviços revelam um valor preponderante (28%).

Os objetivos estratégicos e operacionais traçados para o novo ano “pretendem alcançar a melhoria contínua dos serviços prestados, através da otimização dos seus recursos, com vista à satisfação dos clientes”, sublinha o presidente do conselho diretivo da AIRC, acrescentando que o documento foi “elaborado de forma participada, visando estimular uma maior motivação, empenho e corresponsabilização de todos na sua execução”.

No plano do desenvolvimento de negócio, 2017 marcará o início de uma abordagem de internacionalização da AIRC, através de iniciativas de contato com os mercados dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e de missões de reconhecimento e de apresentação, destinadas à verificação da viabilidade da aplicação da oferta da AIRC naqueles territórios e à identificação de oportunidades.

Em território nacional, os objetivos passam por prosseguir a abordagem a mercados complementares ao dos municípios, designadamente o das Juntas de Freguesia, e melhorar a proximidade com os clientes, nomeadamente através da implementação de um portal de serviços online, integrado no novo site institucional da AIRC, destinado aos clientes, permitindo, entre outros serviços, a submissão de pedidos de apoio em regime de self-service e o seu posterior acompanhamento.

Pretende mais informações acerca das nossas soluções? Contacte-nos:
(+351) 239 850 500  comercial@airc.pt